ESTABILIZE SEU 4G SEM QUEDAS

Saiba sobre a estabilidade do 4G no Brasil, que é algo que está deixando bastante a desejar!

Primeiramente, os brasileiros amam a internet mais só que isso, não significa que em si temos uma maravilhosa estrutura nesse país. Então apesar de se apresentar (algumas melhorias) dos últimos pra cá, bom o Brasil ainda se enfrenta uns (problemas de acesso), e isso principalmente em relação a conexão do 4G.


Sendo assim, um relatório da (OpenSignal) que fez a observação de (770 milhões) de medições que foram coletadas por (39.471 usuários) de aparelhos smartphones. Assim mostrando que nós temos uma (média) de velocidade (4G) – 19.7 Mbps.

Dessa forma, sendo superior à média (global) de 2 (Mbps). Agora quando o assunto é de disponibilidade da (rede móvel) dessa quarta (geração), bom o Brasil está bem perto do fim da lista, com somente (53,86%) de cobertura!


Nesse meio tempo, outro problema é que essas operadoras em si não conseguem estar oferecendo as (conexões LTE) de forma consistente. Então nenhuma das empresas que foram testadas, não conseguiram estar oferecendo um sinal (4G estável), e isso por mais de (60%) do tempo (dos testes).


Aí 2 operadoras se ficaram abaixo dos (50%). Assim em relação à (disponibilidade a operadora TIM foi a vencedora, ao se conseguir fornecer um sinal (LTE) com (59%) do tempo. Por fim a operadora da VIVO já foi a segunda, assim oferecendo uma conexão com grande sucesso com seus (56,7%) do seu tempo.


Enfim, um dos destaques desse relatório se ficou por conta da operadora da CLARO, que se foi listada como a (melhor operadora) isso no seu modo de ter uma boa velocidade, com sua média de (27,5 Mbps), tem mais de (5 Mbps) a mais do que a operadora da VIVO, que ficou em segundo lugar.


Entenda agora, a diferença por entre as gerações das redes móveis, o 3G, 4G e o 5G!


A princípio, o 3G, o 4G e o 5G são de fato as denominações mais (comuns) para diferentes gerações e tecnologias da rede móvel. Sendo assim responsável pelo acesso à internet, pelos tablets, celulares e vários outros tipos de dispositivos, e até mesmo o (PC – computadores).

Então além delas, assim é fácil de se estar encontrando (referências) ao LTE, a HSPA, VoLTE, GSM e por entre outras, que assim se definem essas (tecnologias, ou então simplesmente, as suas especificações desses (padrões). Agora veja o que esses (termos) se significam e assim conheça as suas diferenças e semelhanças.


Conexão 3G:

Primeiramente, a conexão 3G é a (denominação) usada para se estar classificando a (terceira geração) das redes móveis, e assim a tecnologia se começou a ser (instituída) lá no começo dos anos (2000), e que assim se trouxe a promessa de ter velocidades acima do (2G).


Assim com larguras de banda na (faixa de 144,4 Kb/s) que é Kbtis por segundo, e que assim se chegaram até os (168 Mb/s) que pé megabits por segundo, dessa forma com as evoluções que se ocorreram ao (longo dos anos).


A conexão HSPA e a HSPA+:

Nesse sentido, com a evolução da tecnologia a conexão 3G acabou que ganhando umas outras 2 siglas, como o (HSPA e o HSPA+), que também é conhecido como o (3,5G). Nesse ínterim, isso porque os 2 (protocolos) de se fazer as trocas de (informações), assim se oferecem várias diferentes velocidades.


Isso com até (14,4 Mb/s) e até os (168 Mb/s) isso respectivamente, e que assim se irá variar conforme o nível se sinal que se tem oferecido pela a operadora. Então é por isso que alguns aparelhos celulares acessam à (internet) através da rede 3G, e assim só se vê o (H) nas notificações, em vez de se ver o (3G).


Contudo, o mesmo se acontece quando você faz a navegação com o (3,5G) e assim se aparece o (H+), ou então com o (2G) o – GSM e o (2,5G – EDGE. Assim se (equivalem) às letras (G ou o E) em seu aparelho.


Conexão 4G:

A princípio, o 4G assim se começou a ser discutido lá no ano de (2008). Assim uma das apostas, é sua grande capacidade de estar atingindo (velocidades) de (100 Mb/s) nos aparelhos móveis. Assim, isso era (inalcançável) na tecnologia que se tinha nessa época. Assim era algo em torno de ser (10 vezes) mais rápida do que a conexão 3G).


Sobretudo, esse salto (expressivo) assim se permitiu que os serviços complexos, como jogos online, os streaming de vídeos, e músicas, assim fossem usados pela as redes móveis. Então essa evolução se (desembarcou) no Brasil, lá no ano de 2013.

Conexão LTE:

Sendo assim, se o (HSPA e o HSPA+ se viraram os (sinônimos) indiretos da rede 3G bom, o mesmo se vale para a conexão LTE. Assim essa sigla se significa (“evolução de longo termo”), e que se foi criada, para se classificar os esforços e os desenvolvimentos (interativos) da (rede 4G bem lá no começo. Assim quando esses tais dos (100 Mb/s) eram bastante ambiciosos.


Assim, a ideia estabelecida em (consórcio) pela a indústria, era de se criar algum tipo de (tecnologia) para que se pudesse ser reconhecida de forma fácil, e que também direcionasse a (evolução) para que se chegue ao (“real”) 4G.


Então com o tempo a conexão LTE atingiu e que assim até se superaram as expectativas de uma forma, que o (órgão regulamentador) se definiu o (4G e o LTE), se poderiam estar sendo usados para se definir a (mesma coisa).


Conexão 4,5G:


Do mesmo modo, o (4,5G) que também se é chamado de (4G Plus), ele é um avanço por sobre o 4G (convencional), que se entrega os (termos de banda), assim se representando de 4 a 5 vezes + velocidades (para o seu usuário).


Conexão VoLTE:


Agora a VoLTE que é – (“Voice over LTE ou “Voz via LTE”) em tradução livre. Assim é ua tecnologia que se permite estar fazendo ligações com a (rede 4G). Então assim até se pode parecer ser estranho, mais só que sem isso toda vez que se fazer uma chamada ou até mesmo receber você estará na verdade utilizando uma rede (2G ou a 3G).


Desse modo com o VoLTe (todos esses problemas) se tendem a serem (contornados) e assim o seu usuário irá levar bem mais qualidade como um grande bônus.


Conexão 5G:

Enfim, quando se houve o salto da conexão 3G para o 4G, bom a promessa era de se ter redes 10 vezes velozes. Agora do 4G para o 5G essa melhorias tendem serem bem mais significativas. Assim com essa (quinta geração) sejam de forma (geral) umas 5 vezes mais velozes do que a (quarta geração, assim com bandas de (1Gb/s) que é (gigabit por segundo), uma enorme diferença.


Ultimamente se vem tendo os aparelhos com essa tecnologia 5G, cada vez mais se tem novos aparelhos sendo lançados pelas as marcas. Assim aos poucos se vão ficando disponíveis. No Brasil, pode demorar um pouco até que se tenha essa tecnologia em todas as regiões. O 5G de fato é uma grande avanço, irá trazer novos benefícios por questão da sua eficiência na velocidade.


Queda de sinal no celular, qual a causa? Entenda!


Enfim, quem nunca passou por essa situação do celular ficar sem sinal no celular e (justamente), quando se era preciso usá-lo não é? Assim seja quando se passa em um túnel, ou então numa área de (sombra de telefonia), ou até mesmo o clima estar ruim.

Em si se tem vários fatore que podem estar causando essa queda de sinal. Então continue lendo esse post e no fim iremos te ajudar a como ter estabilidade no sinal em seu aparelho celular!


Agora saiba, as principais causas de um celular perder o sinal!


Em outras palavras, de um modo geral se tem 2 motivos que se afetam o sinal no aparelho celular.


 Assim pode ser uma distância grande da torre de (telefonia), e assim ter obstruções de (interferência).


Então como a cobertura das operadoras de fatos elas são baseadas numa série de (torres de telefonia celular), e são colocadas de uma forma bem estratégica, assim o ideal é que o seu celular faça conexão de forma automática ao sinal da torre que está sendo entregado.


Agora à medida em que o usuário de faz a aproximação dos limites da cobertura de (telefonia), melhor dizendo, onde não se tem mais (torres de celular), assim o sinal se enfraquece de uma forma bem gradual até que se desapareça.


Nesse sentido, além disso (qualquer obstrução) física lá por entre a torre de celular e assim o seu aparelho gere também interferência no sinal, assim se explica (aquele ponto) bem lá no meio da cidade, lá dentro da cobertura, em que você não tem sucesso em pegar sinal. Assim chamamos de (sombra de telefonia).


Nesse meio tempo, as áreas de sobra de (telefonia), são de fato aquelas barreiras que são físicas, como os morros, as montanhas, aqueles edifícios, os elevadores, e por dum as telas metálicas.



Conclusão, para que você melhor o seu sinal instale o app que sugerimos logo mais abaixo e tenha um sinal mais preciso e firme, sem ter aquelas quedas de sinal, no caso do tempo estar ruim sabe. Agora o use e tenha uma melhor experiência em sua conexão com a rede móvel.


Enfim, curtiu da nossa dica? Bom veja a mais post incríveis aqui em nosso blog. Nós temos certeza que você irão gostar também!

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem